Bexiga Hiperativa

Bexiga hiperativa é uma doença caracterizada por sintomas de urgência miccional (repentina necessidade de urinar), podendo estar associado a polaciúria (aumento da freqüência urinária – mais do que 8 micções num período de 24 horas) e incontinência urinária por urgência (repentina e involuntária perda do controle vesical levando a perda de urina). Se você apresenta um ou mais desses sintomas você pode ser portador(a) de Bexiga Hiperativa.

Quais repercussões a doença pode gerar?

            Existe um grande número de pessoas com essa condição ao redor do mundo. Esse problema afeta também o bem estar emocional, psicológico e social de homens e mulheres, prejudicando consideravelmente a qualidade de vida.

            As causas de bexiga hiperativa são inúmeras, podendo ser de origem neurogênica (bexiga neurogênica) ou não-neurogênica.

Como avaliar o paciente com Bexiga Hiperativa?

            A avaliação inclui história médica, exame físico e diário miccional. Muitas vezes, um estudo urodinâmico é necessário para auxiliar no diagnóstico e no tratamento, sendo característico o achado de contrações involuntárias do músculo da bexiga na fase de enchimento (quando se é esperado que a mesma permaneça estável, sem contrações).

Como tratar?

            O tratamento é medicamentoso (antimuscarínicos), com intuito de inibir as contrações indevidas da bexiga. Nos casos mais graves, sem resposta aos medicamentos, pode ser necessário a terapia com injeções intravesicais de toxina botulínica (botox). A eletromodulação sacral é descrita como uma possibilidade nos casos mais graves e refratários.

 

CENTRO MÉDICO DIAS

CLÍNICA DE UROLOGIA

(44) 3266-1508 | 3266-1527 contato@centromedicodias.com.br Av. Tiradentes 1319 - Maringá PR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS