Enurese noturna

Enurese noturna (EN) pode ser definida como a micção invonlutária durante o sono em crianças acima de 5 anos de idade, na ausência de defeitos congênitos ou adquiridos do sistema nervoso central (SNC). Na idade de 5 anos, a prevalência de enurese em meninos é de 15% - 22%, e em meninas, de 9% - 16%. Existe uma diminuição progressiva da prevalência com o aumento da idade, sendo de apenas 1% aos 15 anos de idade e de 0,5% na fase adulta. Apesar de ocorrer resolução espontânea na maioria dos casos, quando isso não acontece até os 7 anos de idade, a enurese torna-se um problema para a socialização da criança.

A fisiopatologia da EN ainda não é completamente entendida. No entanto, o mais aceito é que existe um atraso na maturação de alguns sistemas responsáveis pela continência durante o sono, sendo que em cada indivíduo, múltiplos fatores podem contribuir em combinações diferentes. o componente hereditário é importante em muitos casos.

Qual a diferença entre a Enurese Primária e a Secundária?

A maioria das crianças com enurese noturna nunca permaneceram secas à noite por um período superior a 6 meses. Essas crianças são consideradas como tendo enurese noturna primária (ENP). Quando a EN surge após um período sem perdas superior a 6 - 12 meses, é denominada de EN secundária (ENS).

Qual a diferença entre Enurese Mono ou Poli-sintomática?

Enurese pode ocorrer isoladamente, sendo conhecida como EN mono-sintomática (ENM), ou associada com sintomas miccionais diurnos, como por exemplo: urgência miccional, perda urinária por urgência, dificuldade miccional e diminuição do jato urinário. Sintomas diurnos associados são encontrados em 10% - 28% das crianças com EN. Quando isso ocorre, há necessidade de uma investigação mais abrangente do quadro, por exemplo, com avaliação urodinâmica.

Tratamento da Enurese

CENTRO MÉDICO DIAS

CLÍNICA DE UROLOGIA

(44) 3266-1508 | 3266-1527 contato@centromedicodias.com.br Av. Tiradentes 1319 - Maringá PR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS