Transplante renal

O transplante é, na atualidade, a melhor opção terapêutica para pacientes com insuficiência renal crônica.

Como conseguir um órgão?

O paciente que apresenta insuficiência renal dialítica irreversível ou em progressão acelerada é geralmente inscrito em um programa de transplante e fica em lista de espera pelo órgão de doador falecido (morte encefálica), baseado em suas características sanguíneas e imunológicas. Há a possibilidade de doador vivo aparentado, com compatibilidade imunológica (HLA) adequada.

Onde é colocado órgão doado?

Em geral, não é necessária a retirada dos rins não funcionantes, sendo o rim transplantado implantado nos vasos sanguíneos da região da fossa ilíaca, com realização das anastomose vasculares (artéria e veia), bem como implante do ureter na bexiga.

Qual a maior causa de perda do enxerto?

O sucesso do transplante renal depende da resposta imune do receptor frente ao rim recebido. Apesar dos avanços com melhora significativa na sobrevida do enxerto e do paciente, a rejeição continua sendo a maior causa de perda do enxerto. A importância da aderência ao tratamento imunossupressor é fundamental.

CENTRO MÉDICO DIAS

CLÍNICA DE UROLOGIA

(44) 3266-1508 | 3266-1527 contato@centromedicodias.com.br Av. Tiradentes 1319 - Maringá PR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS