Orientações Peri-operatórias

A seguir conheça as principais orientações pré e pós-operatórias para algumas importantes cirurgias.

 

POSTECTOMIA (FIMOSE) 


Pré-operatório

-Depilação (tricotomia) da região púbica e peniana.

-Jejum de 4 horas (se anestesia local) ou de 8 horas  (se outra anestesia);

-Banho no mesmo dia da cirurgia

-Ir acompanhado de um adulto que se responsabilize pelo retorno do paciente para casa.

- Levar todos os exames realizados e a guia de liberação cirúrgica.

 

Pós-operatório

-Ao chegar em casa colocar uma bolsa de gêlo região peniana, sobre uma toalha ou cueca. Mantenha a bolsa por cerca de 20 minutos, depois dê um intervalo e repita várias vezes até o final do dia.

-Manter o pênis para cima, diminuindo o edema (inchaço)

-Manter o curativo até o dia seguinte (no mínimo 24 horas após a cirurgia)

-Lavar cuidadosamente (não esfregar) a área operada com água corrente e sabonete 2x ao dia e secar

-Após a limpeza, usar a pomada (Nebacetin) no local dos pontos, após a limpeza.

-Curativo é necessário apenas nos primeiros dias, enquanto houver a ferida estiver mais úmida.

 -Repouso relativo durante os 3 primeiros dias.

-Evitar atividades físicas durante 40 dias pós-operatórios, devido ao risco de traumas e contusões no local da cirurgia.

-Evitar ereções, para evitar que pontos caiam precipitadamente.

-Evitar relações sexuais ou masturbação por cerca de 4-6 semanas (completa cicatrização)

-Controle da dor com medicamentos (analgésicos e anti-inflamatórios)

- O antibiótico prescrito deve ser tomado nos horários corretos, para prevenção de infecções

-Os pontos caem sozinhos após cerca 10 a 14 dias.

Agendar consulta para reavaliação após uma semana da cirurgia

-Em caso de de febre, secreção amarelada espessa (pus), sangramento importante ou qualquer outra complicação ou dúvida, entrar em contato com a equipe médica.

 

 

VASECTOMIA

Pré-operatório

-Depilação (tricotomia) da região escrotal.

-Jejum de 4 horas (se anestesia local) ou de 8 horas  (se outra anestesia);

-Banho no mesmo dia da cirurgia

-Ir acompanhado de um adulto que se responsabilize pelo retorno do paciente para casa.

-Levar todos os exames realizados e a guia de liberação cirúrgica.

 

Pós-operatório

-O curativo colocado deve ser trocado apenas no dia seguinte a cirurgia.

- Aplicar bolsa ou compressas de gelo na região operada. Mantenha a bolsa por cerca de 20 minutos, depois dê um intervalo e repita várias vezes até o final do dia.

-O uso de suspensório escrotal ou cueca mais apertada pode diminuir o edema (inchaço) que é comum nos primeiros dias.

-No dia seguinte, retirar o curativo e lavar com água e sabonete ao mínimo 2x ao dia, mantendo a ferida sempre limpa e seca, até a complete cicatrização

-Edema discreto e dor tipo desconforto podem ser esperados durante alguns dias. Utilize os medicamentos (analgésicos e anti-inflamatórios) prescritos para alívio dos sintomas.

-Você poderá retornar às suas atividades dentro de 2-3 dias (exceto se atividades que exijam maior esforço)

-Evite pegar peso por no mínimo 1 semana.

-Você pode voltar a ter relações sexuais quando se sentir confortável para isso, geralmente dentro 1 semana.

-O casal deve utilizar outro método contraceptivo até ter certeza que a contagem de espermatozóides está zerada no semen, o que de rotina é realizado após 3 meses da cirurgia.

-Agende sua consulta de retorno em 7-10 dias após a cirurgia para reavaliação e possível retirada de pontos

-Em caso de de febre, secreção amarelada espessa (pus), sangramento importante ou qualquer outra complicação ou dúvida, entrar em contato com a equipe médica.

 

TRATAMENTO CIRÚRGICO DE VARICOCELE

 

Pré-operatório

-Depilação (tricotomia) da região púbica  e inguinal

-Jejum de 8 horas 

-Banho no mesmo dia da cirurgia

-Levar todos os exames realizados e a guia de liberação cirúrgica.

 

Pós-operatório

- Geralmente, a alta hospitalar ocorre no dia seguinte ao da cirurgia,

- Aplicar bolsa ou compressas de gelo na região operada. Mantenha a bolsa por cerca de 20 minutos, depois dê um intervalo e repita várias vezes até o final do dia.

-No dia seguinte, retirar o curativo e lavar com água e sabonete ao mínimo 2x ao dia, mantendo a ferida sempre limpa e seca, até a complete cicatrização

-O uso de suspensório escrotal ou cueca mais apertada pode diminuir o edema (inchaço) que é comum nos primeiros dias.

-Edema discreto e dor tipo desconforto podem ser esperados durante alguns dias. Utilize os medicamentos (analgésicos e anti-inflamatórios) prescritos para alívio dos sintomas.

 -Repouso relativo de 3 dias

-Você poderá retornar às suas atividades dentro de 5-7 dias (exceto se atividades que exijam maior esforço)

-Evite pegar peso por no mínimo 1-2 semanas.

-Você pode voltar a ter relações sexuais quando se sentir confortável para isso, geralmente dentro 1 semana.

-Agende sua consulta de retorno em 7-10 dias após a cirurgia para reavaliação e possível retirada de pontos

-Em caso de de febre, secreção amarelada espessa (pus), sangramento importante ou qualquer outra complicação ou dúvida, entrar em contato com a equipe médica.

 

 

RESSECÇÃO ENDOSCÓPICA DA PRÓSTATA

 

Pré-operatório

-Jejum de 8 horas 

-Levar todos os exames realizados e a guia de liberação cirúrgica.

-Após a internação geralmente é realizada coleta de sangue para tipagem sanguínea e reserva de sangue (pode ser necessária transfusão em caso de sangramento importante)

-Avisar ao médico quais os medicamentos em uso para que seja programado a suspensão prévia (geralmente 7 dias antes) em caso de uso de AAS, Somalgin® ou Marevan®, pois aumentam o risco de sangramento.

 

Pós-operatório

-Ao término da cirurgia, o paciente fica temporariamente com uma sonda vesical e com irrigação com soro fisiológico até a urina sair clara.

-A alta hospitalar em geral ocorre em 2 dias, quando a urina se mantem clara mesmo sem a irrigação da bexiga

-Alguns pacientes tem alta com a sonda  vesical. Esta sonda deve preferencialmente ficar presa na barriga, através de uma fita adesiva ou esparadrapo.

-A bolsa coletora deve ficar sempre abaixo do nível da bexiga, de modo a facilitar o escoamento da urina

-Até 20 dias após a intervenção gotas de sangue podem ser eliminadas pelo canal da urina, em torno da sonda, sem qualquer significado. Ocasionalmente, pode escapar, por esta mesma via, urina em grande quantidade. Isto não tem qualquer significado e, em geral, surge quando a sonda está dobrada e não permite o escoamento da urina por seu interior. Quando isto ocorrer, deve-se inspecionar a posição da sonda, verificando se a mesma não está dobrada.

-Após a retirada da sonda  é comum apresentar algum grau de ardência, podendo ser eliminados ainda alguns pequenos coágulos ou fragmentos de tecido

-O resultado da biópsia normalmente sai em algumas semanas (3-4 semanas) e será explicado pelo médico

-Em caso de sangramento intenso, febre ou mal estar associado à queda de pressão entre imediatamente em contato com a equipe médica.

 

RESSECÇÃO ENDOSCÓPICA DA BEXIGA

 

Pré-operatório

-Jejum de 8 horas 

-Levar todos os exames realizados e a guia de liberação cirúrgica.

-Após a internação geralmente é realizada coleta de sangue para tipagem sanguínea e reserva de sangue (pode ser necessária transfusão em caso de sangramento importante)

-Avisar ao médico quais os medicamentos em uso para que seja programado a suspensão prévia (geralmente 7 dias antes) em caso de uso de AAS, Somalgin® ou Marevan®, pois aumentam o risco de sangramento.

 

Pós-operatório

-Ao término da cirurgia, o paciente fica temporariamente com uma sonda vesical e com irrigação com soro fisiológico até a urina sair clara.

-A alta hospitalar em geral ocorre em 2 dias, quando a urina se mantem clara mesmo sem a irrigação da bexiga

-Alguns pacientes tem alta com a sonda vesical. Esta sonda deve preferencialmente ficar presa na barriga, através de uma fita adesiva ou esparadrapo.

-A bolsa coletora deve ficar sempre abaixo do nível da bexiga, de modo a facilitar o escoamento da urina

-Até 20 dias após a intervenção gotas de sangue podem ser eliminadas pelo canal da urina, em torno da sonda, sem qualquer significado. Ocasionalmente, pode escapar, por esta mesma via, urina em grande quantidade. Isto não tem qualquer significado e, em geral, surge quando a sonda está dobrada e não permite o escoamento da urina por seu interior. Quando isto ocorrer, deve-se inspecionar a posição da sonda, verificando se a mesma não está dobrada.

-Após a retirada da sonda é comum apresentar algum grau de ardência, podendo ser eliminados ainda alguns pequenos coágulos ou fragmentos de tecido

-O resultado da biópsia normalmente sai em algumas semanas (3-4 semanas) e será explicado pelo médico.

-Em caso de sangramento intenso, febre ou mal estar associado à queda de pressão entre imediatamente em contato com a equipe médica.

 


PROSTATECTOMIA RADICAL


Pré-operatório

-Jejum de 8 horas 

-Levar todos os exames realizados e a guia de liberação cirúrgica.

-Após a internação geralmente é realizada coleta de sangue para tipagem sanguínea e reserva de sangue (pode ser necessária transfusão em caso de sangramento importante)

-Raspagem dos pêlos da região abdominal e pubiana é feita no hospital

-Avisar ao médico quais os medicamentos em uso para que seja programado a suspensão prévia (geralmente 7 dias antes) em caso de uso de AAS, Somalgin® ou Marevan®, pois aumentam o risco de sangramento.

 

Pós-operatório

-Normalmente, você estará no hospital por cerca de 3 a 5 dias.

-Você pode ter de ficar afastado do trabalho por até cinco semanas.

-Um pequeno dreno na parte inferior do abdome é utilizado para a drenagem das secreções secundárias ao ato cirúrgico. Geralmente o dreno é removido antes de sair do hospital.

-Você sairá do hospital com uma sonda (cateter urinário), geralmente sendo retirada em 2 semanas.

-Os pontos são retirados em cerca de 7-14 dias

-Quando a sonda é removida, é normal a ocorrência de incontinência urinária (perda de urina), a qual tende a melhorar progressivamente nos próximos meses. Pode ser necessário o uso de fralda nesse período.

-Durante os primeiros 3-12 meses após sua cirurgia, você pode não ser capaz de ter uma ereção (disfunção erétil), sendo a reabilitação sexual orientada no seguimento ambulatorial

-Agende sua consulta de retorno para reavaliação.

-Após a cirurgia, você deve continuar em regime de consultas ocasionais para acompanhamento clínico e do PSA

-Em caso de sangramento intenso, febre, secreção amarelada espessa (pus) ou mal estar associado à queda de pressão ou qualquer outra complicação ou dúvida, entre imediatamente em contato com a equipe médica.

 

TRATAMENTO CIRÚRGICO DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA (slings) 



Pré-operatório

-Jejum de 8 horas 

-Levar todos os exames realizados e a guia de liberação cirúrgica.

-Raspagem dos pêlos da região pubiana

-Avisar ao médico quais os medicamentos em uso para que seja programado a suspensão prévia (geralmente 7 dias antes) em caso de uso de AAS, Somalgin® ou Marevan®, pois aumentam o risco de sangramento.

 

Pós-operatório

-A sonda vesical e o tampão vaginal (se necessário) geralmente são retirados no 1 pós-operatório

-A alta hospitalar em geral ocorre no 1 dia pós-operatório

-Repouso relativo por 3 dias.

-Evitar fazer esforços por no mínimo 30 dias (Evitar fazer exercícios, pegar peso abaixar ou levantar-se bruscamente)

-Deve-se ingerir bastante alimentos ricos em fibras para evitar a prisão de ventre

-Evitar ficar resfriado, tossir ou espirrar no 1º mês (evitando locais fechados com aglomeração);

-Lavar a zona genital com água e sabonete neutro sempre após urinar e evacuar;

-Usar calcinhas de algodão;

-Não usar absorvente interno;

-Não ter relações íntimas por no mínimo 30-40 dias

-Fazer uso da medicação prescrita por seu médico 
(analgésicos e antibiótico). O antibiótico prescrito deve ser tomado nos horários corretos, para prevenção de infecções.

-Agende sua consulta de reavaliação

 -Prestar atenção ao esvaziamento da bexiga e aos sintomas relativos à micção – será questionado pelo médico na consulta.

- Procurar imediatamente o seu médico em caso de impossibilidade de urina, febre, dor ou sangramento importantes.

 

LITOTRIPSIA EXTRACORPÓREA


Cuidados Pré-operatórios

DIA ANTERIOR AO TRATAMENTO

1-Dieta leve sem resíduos (sugestões:chá. Bolacha, torrada, macarrão)

2-Evitar refrigerante e cerveja

3-Dulcolax ou Lacto-Purga 3comprimidos às 10h00

4-Luftal 30gotas de 3/3 horas durante o dia

5-Não pare de usar antibiótico se estiver usando.

 

DIA DO TRATAMENTO

1-Jejum absoluto

2-Não esquecer de trazer todos os exames (RX, ultrassom, laboratório)

3-Comparecer no horário com acompanhante

4-Durante o tratamento procure respirar normalmente, pois a respiração profunda mobiliza o calculo

 

Cuidados pós-operatórios

APÓS O TRATAMENTO

1-Não dirigir após o procedimento por 24 horas.

2-Tomar pelo menos 3 litros de líquidos por dia

3-Evitar atividades físicas

4-Para cálculos no rim dormir sobre o lado contrário ao rim tratado.

5-Coar a urina e guardar fragmentos –para possibilitar a analise do cálculo se houver indicação

6-Não se assuste se a urina estiver avermelhada (com sangue).Ela deverá clarear com maior ingestão de líquidos.

7-Febre (acima de 37,5 graus) e cólica renal deverão ser comunicados imediatamente ao seu médico.

8-Usar a medicação prescrita

  

URETEROLITOTRIPSIA ENDOSCÓPICA


Cuidados Pré-operatórios

-Jejum de 8 horas 

-Levar todos os exames realizados e a guia de liberação cirúrgica.

 

Cuidados Pós-operatórios

-Ao final da cirurgia, se houver muita reação inflamatória na região onde se encontrava o cálculo ou risco de infecção pode ser necessário a colocação de um cateter chamado duplo J (fino tubo maleável, posicionado dentro do ureter com uma extremidade dentro do rim e outra na bexiga). A função deste cateter é impedir que haja obstrução do ureter no período pós-operatório. Pode também ser colocada na bexiga, para drenagem de urina nas primeiras horas após o procedimento.

-A sonda será retirada no 1 dia pós-operatório.

-Você possivelmente receberá alta nas próximas 24h após o procedimento.

-Procure ingerir bastante líquido

-Procure fazer repouso

-Siga a prescrição médica, que geralmente contém analgésicos e, possivelmente, antibióticos.

 -Pela passagem de equipamentos e sondas, pode ocorrer ardência e desconforto para urinar, principalmente nos primeiros dias. A urina pode ficar mais avermelhada pela presença de sangue. Não se assuste, pois isto é comum e deve melhorar espontaneamente.

- Pode também ocorrer dor na região lombar nas primeiras 24-72h devido à passagem dos instrumentos ou presença do cateter duplo J. Procure não fazer força para urinar, isto pode provocar dor na região lombar. Pacientes mantidos com o cateter duplo J frequentemente se queixam mais, têm maior desconforto para urinar e aumento da frequência das micções. O cateter duplo J é geralmente retirado após algumas semanas em um procedimento mais simples chamado cistoscopia.

-Agende sua consulta de retorno pós-operatório.

-Entre em contato imediato com seu médico nas seguintes situações: febre no pós-operatório, dor forte que não melhora com analgésicos prescritos, incapacidade de urinar, piora do sangramento com presença de coágulos.

 

 

NEFROLITOTOMIA PERCUTÂNEA


Cuidados Pré-operatórios

-Jejum de 8 horas 

-Levar todos os exames realizados e a guia de liberação cirúrgica.

 

Cuidados Pós-operatórios

-A internação geralmente se estende por dois a três dias.

-Em geral, você sairá do centro cirúrgico com 3 formas de drenagem da urina:1) sonda vesical de demora, 2) nefrostomia, 3) cateter duplo J.

-A sonda da bexiga é retirada precocemente e pode haver algum grau de sensação de queimação na uretra durante as micções.

-A sonda de nefrostomia geralmente é retirada nos primeiros dias de pós-operatório; com muita frequência há drenagem de urina pela incisão lombar, que pode durar de alguns minutos até alguns dias. Drenagens prolongadas devem ser avaliadas pela possibilidade de obstrução do canal do ureter

-A ocorrência de dor na região lombar ao redor da sonda de nefrostomia é muito comum, porém, é bem tratada e controlada com analgésicos usuais.

-A presença de sangue na urina no período pós-operatório é rotineira e não deve trazer preocupação, desde que não muito intensa, com coágulos que podem provocar anemia mais grave.

-Já em casa, é importante fazer repouso, ingerir líquidos e seguir a prescrição médica que consiste de analgésicos e possivelmente antibióticos.

-A cicatriz deve ser lavada diariamente nos primeiros dias e coberta com curativo simples, pequeno, enquanto houver qualquer secreção; geralmente após dois dias, o corte já estará seco e não há necessidade de curativos adicionais. 

-Se for utilizada drenagem interna com cateter duplo J é muito importante que você agende com seu médico a retirada, realizada por novo procedimento endoscópico chamado cistoscopia, realizado sem necessidade de internação hospitalar.

-Se houver sangramento na urina em maior quantidade, principalmente com a presença de coágulos; vermelhidão, inchaço, dor exagerada ou saída persistente de líquidos pela cicatriz; febre; urina turva, com forte odor entre em contato com o medico.

CENTRO MÉDICO DIAS

CLÍNICA DE UROLOGIA

(44) 3266-1508 | 3266-1527 contato@centromedicodias.com.br Av. Tiradentes 1319 - Maringá PR
ÚLTIMAS NOTÍCIAS